>CUIDA DE TI ENQUANTO É TEMPO

>Ó Homem, criatura forjada dos haustos radiosos do Foco divino! lembra-te de que és imortal!… Pensa em que tudo o que vês, tudo o que apalpas e possuis – as conquistas hodiernas que em teu seio fomentam o orgulho, as vaidades que te cortejam o egoísmo, as loucas paixões que te arrasam o caráter, comprometendo- te o futuro; as fictícias glórias mundanas que te embalam e bajulam as presunções, escravizando- te à materialidade – tudo passará, desaparecendo um dia, destruindo-se aos fogos implacáveis da realidade, mergulhadas que serão no olvido das coisas insustentáveis que não poderão prevalecer no seio de uma Criação Perfeita.

Mas tu persistirás para sempre!

Ficarás de pé para contemplares os deploráveis escombros dos teus próprios enganos, guardando pavidamente a aurora de novos sucessos do porvir! (….)

Resistirás à sucessão dos evos, como Aquele que te criou e te tornou eterno como Ele próprio, dotando-te com a essência da Vida que é Ele mesmo, e de cujo seio promanaste!

Acautela-te por isso mesmo, ó Homem! Sendo tu, por direitos de filiação, fadado à glória divina no seio da Eternidade, não poderás fugir aos serviços da evolução que é imprescindível faças, dos movimentos de ascensão próprios da tua natureza, a fim de atingires a órbita de que descendes!.. . e, nesse longo trajeto que te será indispensável, quantas vezes infringires os dispositivos que determinam a harmoniosa escala da tua elevação, tantas sofrerás os efeitos da dissonância que criaste contrariando a Lei a que estás sujeito como criatura de um Ser Perfeito!… Cuida de ti enquanto é tempo!…enquanto estás a caminho do trajeto normal, que te solicita apenas realizações benemerentes. .. Não vá a Dor visitar-te, obrigando-te a estágios penosos, por negligência tua no cumprimento do Dever, forçando-te a lixiviar a consciência, com reparações inapeláveis, a par daquelas realizações!.. . Aprende com teu Pai Altíssimo, que tão bem te prendou para a glória do Seu Reino, o amor e o respeito ao Bem, base inconfundível em que te deverás apoiar para atingires a magnífica vitória que és convidado a concretizar em honra de ti mesmo, felicidade que, por lei, é apanágio do teu Espírito imortal!…

Trata, pois, de modelar teu caráter abrilhantando de virtudes essa alma que deverá refletir, em algum dia da Eternidade, a imagem e semelhança do seu Criador!

Para a consecução de tão glorioso alvo foi-te concedido pelo Céu Magnânimo – o Modelo Ideal, o Instrutor Insuperável, capaz de guiar-te à culminância do destino que te é reservado:

Jesus de Nazaré, o Cristo de Deus!

Ama-o! Segue-o! Imita-o!… e alcançarás o Reino do Pai Altíssimo!… “

Fonte: Livro: Memórias de um suicida Yvonne A. Pereira

( Pgs. 306 a 308)

Esse post foi publicado em HOMEM, VIDA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s